Voltar

Notícias

Publicado em 24/01/2018

ALGUMAS DICAS PARA ECONOMIZAR NO ALUGUEL

Independente do momento atual de crise econômica, economizar é sempre uma
necessidade e neste sentido, principalmente para quem se aventura pela primeira vez na
escolha de um imóvel, a atenção a alguns detalhes pode fazer uma grande diferença.
Embora algumas destas dicas pareçam óbvias, é muito mais comum do que imaginamos
que estes fatores não sejam levados em consideração.


Em primeiro lugar, a proximidade do imóvel com as coisas das quais você precisa no dia a
dia. Para dar apenas um exemplo, o valor de combustível ou passagens de transporte
público mensal está diretamente ligado a distância do trabalho ou faculdade. O valor que
se economiza, ou se gasta a mais, deve ser considerado em conjunto com o aluguel
bruto, o que significa que um imóvel mais bem localizado, ainda que um pouco mais caro,
pode valer a pena, dependendo das circunstâncias.


Outro fator nem sempre lembrado, é a idade do imóvel. Construções antigas envolvem
riscos maiores de necessidade de reparos e mesmo que isso seja responsabilidade do
proprietário, certamente gera alguns incômodos e indiretamente, gastos imprevistos. No
caso de apartamentos este detalhe é ainda mais importante. Embora reformas sejam
consideradas a parte, ficando sob responsabilidade dos proprietários, o valor padrão do
condomínio em prédios antigos tende a ser maior que em construções mais recentes,
pelo simples fato de que há uma série de reparos constantes embutidos nos custos de
manutenção.


Nesta mesma linha, uma última dica de economia é dividir a moradia com amigos, outros
estudantes ou colegas de trabalho. Certamente, não é uma alternativa fácil pois envolve
um alto grau de confiança, na medida em que apenas um dos moradores é oficialmente
responsável pelo imóvel. E sempre há o risco de se morar com algum caloteiro, porém,
não deixa de ser uma opção a se considerar quando se mora só.