Voltar

Notícias

Publicado em 24/01/2018

FINANCIAMENTO DA CASA PRÓPRIA: SONHO OU PESADELO?

A casa própria sempre foi um dos grandes sonhos de qualquer brasileiro. Trata-se de
alcançar um novo estágio na vida, de ter um lugar exclusivo e também, de construir um
patrimônio familiar, no entanto, para a maioria das pessoas, a única forma de atingir este
objetivo, é através de um financiamento, o que tem aspectos positivos e negativos. A boa
notícia, é que o lado negativo pode ser evitado, com alguns poucos cuidados antes de
assinar o contrato.


O maior e mais comum dos erros que devem ser evitados, é não conhecer as cláusulas
do financiamento. Muitas vezes, mesmo em um negócio tão importante, envolvendo
décadas de empenho financeiro, os compradores não tem a paciência de ler o contrato,
tomando a palavra de terceiros, com explicações superficiais, como suficientes. É preciso
enfatizar que serão anos de compromisso e por mais que as regras pareçam claras nos
panfletos informativos, quanto mais informação, melhor.


Por este motivo, o apoio de profissionais qualificados e também, de uma imobiliária
confiável pode ser a diferença necessária para garantir que a compra seja a realização de
um sonho, não o início de um pesadelo interminável. O que nos leva a um outro problema
bastante comum: o valor da prestação. Pode parecer desnecessário dizer, mas, existe
uma regra de ouro a ser seguida, nenhum centavo a mais do que já se paga de aluguel.
Não se deve contar com aumentos futuros de renda, apenas com aquilo que é líquido e
certo.


Além disso, dependendo do órgão financiador, os aumentos nas parcelas podem ser altos
e constantes e isso reforça mais uma vez, nossa primeira dica: ler atentamente o contrato
e se possível, contar com o apoio de profissionais confiáveis. Mesmo porque, para pagar
a entrada, você provavelmente ficará sem reservas financeiras para cobrir possíveis
imprevistos.