Voltar

Notícias

Publicado em 24/01/2018

FOTOGRAFANDO IMÓVEIS PARA A INTERNET

Atualmente, existem muitas opções para anunciar imóveis pela internet, sendo que muitas dependem de fotografias feitas pelo próprio anunciante. No entanto, quando observamos estes anúncios, percebemos que grande parte desconhece as técnicas apropriadas para demonstrar adequadamente os espaços e pontos fortes do imóvel. Este problema pode ser corrigido utilizando os serviços de uma imobiliária, mas, mesmo neste caso, nem todas contam com bons fotógrafos. Por isso, separamos algumas dicas importantes a seguir. Obviamente, não se espera que você se torne um profissional ou adquira equipamentos modernos e caros, mas, uma prática entre fotógrafos profissionais que qualquer pessoa pode seguir, é tirar várias fotos do mesmo ambiente, de ângulos diferentes, com iluminações diferentes ao longo do dia e depois, compará-las, escolhendo apenas as melhores. Pode parecer exagero, mas, por experiência, sabemos que muitos imóveis são descartados pelos possíveis inquilinos e compradores, apenas pelas imagens. Justamente por isso, também é uma boa ideia observar outros anúncios e perceber erros e acertos alheios. Outro aspecto importante é o que destacar nas imagens. Em princípio, cada cômodo deve ter, pelo menos, uma imagem publicada, mas, o que você realmente precisa, é destacar os pontos fortes deles. Por exemplo, se há iluminação natural, se o espaço é amplo, se as condições gerais de conservação são boas e assim por diante. Novamente, ainda que existam técnicas específicas para atingir este objetivo, a lógica de tirar muitas fotos diferentes também é válida neste caso. Idealmente, o que se busca não é enganar possíveis interessados, mas, mostrar da melhor forma possível, aquilo que há de melhor no imóvel. Para encerrar, na hora de escolher as fotos finais, lembre-se que a principal função delas, é reproduzir, tanto quanto possível, uma visita física ao local. Procure seguir uma sequência lógica, dentro do que a maioria das pessoas olharia caso estivesse no imóvel, mais ou menos, como se estivesse contando uma história.